Comitê de Crise da Covid-19 vai propor açoes integradas com prefeituras; Município deve antecipar feriados

Um dos assuntos mais debatidos durante a primeira reunião remota do Comitê Municipal de Supervisão, Monitoramento e Gestão de Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus (COVID-19), nesta quinta-feira (28), foi a necessidade urgente de medidas integradas entre as prefeituras da região oeste para minimizar os impactos do novo coronavírus.

Mossoró é um município polo, de referência de atendimento para 64 municípios, que está com todos os leitos de UTI covid-19 com lotação máxima. Mais da metade dos leitos covid em Mossoró está ocupada por pacientes de fora da cidade. Nesta quinta-feira quatro pacientes foram regulados para as cidades de Pau dos Ferros e Caicó porque Mossoró está sem leitos. Os dados são da Secretaria de Saúde desta quinta-feira. Os números são preocupantes e exigem medidas urgentes.

A prefeita Rosalba Ciarlini vai propor reunião por videoconferência com os prefeitos e as prefeitas da região para ações integradas como barreiras sanitárias e medidas restritivas de isolamento social para não sobrecarregar Mossoró.

Outro ponto discutido na reunião foi a antecipação de feriados municipais visando aumentar a taxa de isolamento social na cidade, que está baixa, tendo uma média de 40%. A medida foi bem vista pelos presidentes da Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL), Wellington Rodrigues, e Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (Sindivarejo), Michelson Frota. Wellington viu a medida com serenidade e Michelson elogiou e concordou com a antecipação dos feriados.

A reunião durou mais de duas horas, com a presença da prefeita, secretários municipais, vereador Francisco Carlos, representando a Câmara Municipal, Wellington Rodrigues da CDL Mossoró e Michelson Frota do Sindivarejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo