CAIU NA NET E O BLOG APUROU: ARTUR VALE PODE SER CASSADO PELA JUSTIÇA ELEITORAL EM GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO

Ontem rolou em grupos de Whatsapp de toda região oeste potiguar a informação de que o candidato Artur Vale (DEM) poderia ser cassado pela Justiça Eleitoral, por responder a processo que pedia sua cassação e inelegibilidade por 8 (oito) anos.

De pronto, a assessoria do candidato Democrata veio a público informar que era Fake News a informação, e este curioso blogueiro resolveu apurar.

Quem mentiu?

Pois bem, não existe nada de Fake News!

De fato, o candidato Artur Vale e sua vice Débora figuram como investigados em a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral que tramita na 49ª Zona Eleitoral, que pode ensejar a cassação de seus registros e, acaso eleitos, podem ser afastados do cargo, além de serem considerados inelegíveis por oito anos.

Seria isso possível? Ora, na sua vizinha Mossoró, por exemplo, a candidata do mesmo partido (DEM) em 2012, Cláudia Regina, foi cassada em ações de investigação judicial eleitoral, gerando novas eleições em Mossoró, sendo afastada do cargo, e ficando inelegível por oito anos. Fato, inclusive, que gerou bastante problemas para a cidade, uma vez que acabou assumindo o Presidente da Câmara, Francisco José Jr, que posteriormente se tornou prefeito, sendo a pior gestão da história da cidade.

Enfim, tal fato não pode ser desmentido como fake News, pois procede, e cabe ao eleitor buscar saber se arriscará viver a instabilidade que abalou, por exemplo, sua vizinha Mossoró.

Em Governador, a candidata Aísa (esposa de Gilberto Martins) também responde a uma ação no mesmo sentido, enquanto o candidato Antônio Bolota encontra-se absolutamente desimpedido, sem nenhuma ação na justiça eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo